O que está buscando?

Gabriel Sojo: do programa Atleta do Futuro Sesi-SP para a Europa

Atleta do polo aquático paulista é o mais novo contratado do time Primorac Kotor, de Montenegro, na Europa

 Por: Amanda Demétrio, Núcleo de Comunicação
16/09/202014:22- atualizado às 11:39 em 17/11/2020

Filho de Ribeirão Preto, Gabriel Sojo da Silva, 22 anos, vive hoje um dos maiores desafios da sua carreira, mudar de país e defender um time tradicional do polo aquático europeu. O menino que começou fazendo aula de natação no programa Atleta do Futuro Sesi-SP da sua cidade aos 11 anos e aceitou o convite de um amigo para fazer uma aula experimental de polo aquático dentro do programa, é o mais novo contratado do Primorac Kotor, de Montenegro. 

“Eu fazia minhas aulas de natação no Sesi Ribeirão e depois que meu vizinho me chamou para fazer um treino experimental de polo aquático, logo me apaixonei e não larguei mais. Ver o pessoal do time adulto treinando era uma alegria. Além do contato direto, tínhamos em quem nos espelhar dentro de casa mesmo. A gente via eles e queríamos chegar ao mesmo lugar”, lembra Sojo. 

A paixão pela modalidade fez com que o atleta se destacasse entre os colegas e o convite para integrar a equipe de treinamento esportivo (área intermediária entre o programa Atleta do Futuro e o Rendimento Esportivo), não demorou. A oportunidade do aperfeiçoamento esportivo por meio de treinamento especializado e participação em competições, foi agarrada por Sojo, que passou a fazer parte da Liga Sesi-SP Treinamento Esportivo. O resultado de tanto comprometimento rendeu um convite para que ele se mudasse para a capital paulista, onde passou a defender a equipe sub-17. 

“O André Avallone [técnico] faz um trabalho com o time adulto que é todo repassado para a base, então desde muito novo a gente aprende os mesmos fundamentos que são trabalhados no grupo principal e isso é muito bom. A gente vai avançando de categoria já sabendo o que tem que fazer e como tem que jogar”. 

Agora, Sojo se prepara para mais uma mudança em sua vida. Depois de seis anos, o menino que saiu de casa pela primeira vez aos 16 anos para uma das maiores capitais do mundo, segue, para outro país carregando na mala, energia, dedicação e títulos estaduais, nacionais e internacionais.  

“Essas últimas temporadas aqui no Sesi-SP foram muito boas. A cada ano que passava, o grupo foi ficando mais jovem, porém permaneceu forte e continuo atingindo resultados. Para esse novo desafio estou levando muita dedicação e tudo que aprendi no Sesi-SP. Quanto mais a gente se dedica, mais a gente consegue trazer resultado, atingir o propósito. Então, quanto mais eu me dedicar aqui, mais tenho certeza de que vou me dar bem”, afirmou Sojo, que não deixa de enaltecer a sua base de aprendizado.  

“O programa Atleta do Futuro me deu muito mais do que o rendimento esportivo. Me deu uma vivência em grupo, me formou como um cidadão, porque você aprende a lidar com o todo. Estou muito animado com esse novo desafio. Quero muito começar a treinar para ver como serão as coisas e crescer ainda mais. Quero aprender mais em Montenegro para trazer de volta esse aprendizado para o Brasil, para quando eu me juntar novamente com o grupo no Sesi-SP para competições e até mesmo com a seleção brasileira”, finalizou.  

Formação esportiva
Mudando vidas e formando cidadãos melhores, o Sesi-SP, que trabalha há mais de 10 anos investindo no Rendimento Esportivo, dá mais um passo na consagração do seu trabalho enviando jovens promessas para equipes altamente qualificadas em todo o mundo. O projeto, que começou em 2008 com um piloto na modalidade polo aquático, lançou oficialmente no ano seguinte o Programa Esportes de Formação e Rendimento do Serviço Social da Indústria de São Paulo – Sesi-SP.  

O trabalho desde a formação enfatiza ainda o uso da pedagogia do exemplo, na qual se acredita que todos os atletas e equipes são exemplos e agentes motivadores de transformação. Além de contribuir na revelação de novos talentos para as equipes de Rendimento Esportivo do Sesi-SP e futuras seleções paulistas e brasileiras, contribui ainda com o desenvolvimento do esporte nacional. 

Gabriel Sojo da Silva 
- Bicampeão da Liga Nacional   
- Bronze no Pan-Americano Jr (Canadá) 
- Campeão Sul-Americano (Peru)  
- Bicampeão Paulista 
- Bronze em Mundial de Clubes  
- Campeão Brasil Open de Polo Aquático